quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Foto: Segue a luz
Autora: Manu


Sabe o que me disseram hoje?
Que minha cabecinha é pequena demais pra entender o mundo complexo que temos...

Tá certo que não sou cabeçuda, minha cabeça tem um tamanho e formato razoável, mas a considero suficientemente grande pra entender todo esse mundão, ou ao menos o mundo em que vivo.

Por que as pessoas julgam as outras pela idade?
Estou cansada de tanta hipocrisia, de tão tonta indiferença, da maldade dos outros, do julgamento terrenos e errôneos...

2 comentários:

Adroaldo Bauer disse...

Não te canse por tão pouca miséria, que o mundo tem grandes tarefas para te emprestar às energias.
Cabeça grande prego também tem e no máximo faz furo.
Minha mãe, aos 82, continua dizendo que velho é outra coisa pra ela, geralmente algo sem serventia alguma.

o poeta ilusionista.~ disse...

geralmente, as pessoas que dizem que somos algo que não queremos ser, são aquelas que não se identificaram ainda e que não aceitam o mundo em que vive.


os problemáticos não são aqueles que tem menos idades, e sim aqueles que tem mais idades, mas pensam como se fossem alguém com uma idade negativa.